contato@ihgpoxoreu.com.br
(66) 99616-0936

Duas Novas Composições de Gaudêncio Amorim e Maestro Itapuã

Duas Novas Composições de Gaudêncio Amorim e Maestro Itapuã

SEPARADOS TAMBÉM SE AMA

Como barco à deriva/sem rumo e sem direção

Nosso amor também desliza/ nas águas do sim e do não

Do jeito que navegamos/sobre as águas tão ligeiras

Vamos acabar caindo/ na próxima cachoeira

Acabar de vez com isso/o meu coração reclama

Pois ele sabe bem disso/separados também se ama.

Querida... Quero a saudade de um amor antigo
                        Mesmo que seja pra sorrir e pra  sofrer.
Querida... Quero as  lembranças de você comigo
                        Porque são elas restinho de você. (Bis)

Como esquecer o beijo/ e o sabor do seu batom

Eu queria preservar/aquele o amor que foi tão bom

Respeitar aquelas juras/de sempre nós queremos

Pra evitar querida minha/de sofrer o que sofremos

Quero que saudade seja/a razão do meu querer

Para que um nunca consiga/sentir raiva de você!

Querida... Quero a saudade de um amor antigo
                        Mesmo que seja pra sorrir e pra  sofrer.
Querida... Quero as  lembranças de você comigo
                        Porque são elas restinho de você. (Bis)

Agora siga sua vida/que eu vou seguir a minha

Com certeza minha ausência/não a tornará sozinha

Se não der pra viver juntos/viveremos separados

Só não quero no meu peito/um coração despedaçado

Eu não sei como será/sem você aqui do lado

Seus carinhos me fizeram/um eterno apaixonado

Querida... Quero a saudade de um amor antigo
                        Mesmo que seja pra sorrir e pra  sofrer.
Querida... Quero as  lembranças de você comigo
                        Porque são elas restinho de você. (Bis)

Olho gordo!

Tem gente que não se enxerga/ onde é que já se viu

Mexer com mulher alheia/pensando que ninguém viu

Tá querendo enfrentar/um baita touro bravio

Que já fez endireitar/aquela curva de rio Tenha cuidado comigo/que é bem curto o meu pavio

Com traição eu não concordo
Por isso tire de mim/o seu olho gordo! (Bis)

Aqui eu bato martelo/Na empreitada m e desenho

Eu tenho a mulher que amo/eu amo a mulher que tenho

Pra defender o que é meu/eu cumpro o meu compromisso

Por isso preste atenção/fique atento sobre isso Nunca me tire do sério/Não me provoque ao enguiço

Com traição eu não concordo
Por isso tire de mim/o seu olho gordo! (Bis)

Em vez da cobiça alheia/da prenda que não é sua

Digo pra tu aprenda/saia do mundo da lua

Quanta mulher desejando/ um lar para ser rainha

Este é o ponto final/Este é o fim da linha

Conquiste a sua mulher/me deixe em paz com a minha

Com traição eu não concordo
Por isso tire de mim/o seu olho gordo! (Bis)

Gaudêncio Amorim: Cientista Político, Poeta, escritor e compositor filiado a União Poxorense de Escritores – UPE e atual presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Poxoréu – MT. Minha parceria com o maestro (Ozório Ferrarezi) começou em 2014, quando fizemos uma homenagem ao saudoso Tião Carreiro com a presença de sua família (Dona Nair e a filha Marly) no Encontro de Violeiros de Poxoréu. Depois, continuamos com a gravação da musica “A capital da viola“, pelo Trio Viola Raiz, interpretada pela primeira vez em rede nacional pela TV Aparecida. 

Maestro Itapuâ, é autor de centenas de letras e melodias que se tornaram clássicos do cancioneiro sertanejo, a maioria delas, o autor não aceitou os creditos, encontrando em apenas em “A Sementinha”, interpretada por Biá & Dino Franco, sua co-autoria; Co-autor do Classico “Pagode em Brasília”, de Tião Carreiro e Pardinho e ex maestro de nomes como Chico Rey e Paraná; Milionário e Zé Rico, Sula e Roberta Miranda; Rik e Renner, Cesar e Paulino, Trio Parada Dura, Chitaozinho e Xororó e de uma comprida lista de bons artistas. 

IHG POXORÉU

Rua Mato Grosso, nº 432
Bairro Centro
CEP 78800-000 - Poxoréu - MT


ATENDIMENTO

Segunda à Sexta-feira
08h às 11h e das 13h às 17h